Queridos irmãos,

Há tempos buscamos alertá-los para os acontecimentos que se avizinham. Muitos podem até mesmo se questionar: mas quando será? Pois lhes dizemos: tão breve quanto possam imaginar, mas com tempo suficiente para que possam se preparar. Portanto, não haverá inocentes e não haverá chances para dizerem: não tive tempo. Portanto, meus irmãos, empenhem-se em se melhorarem. Empenhem-se em buscar o conhecimento e em entender que, na vida, o que mais importa são as benfeitorias que têm feito para seu espírito e os bons exemplos que deixam para os irmãos com quem aqui convivem.

Mas, não basta serem alertados. Estamos a cada instante intuindo vocês para que possam parar um pouco a sua rotina e refletir sobre o papel que estão desempenhando na sociedade. Muitos de vocês estão se queixando de que a vida não anda para frente, mas sim para traz. Porém, se esquecem de que as escolhas de tudo o que ocorre na vida dos encarnados são dos próprios encarnados.

Quanto mais na matéria estiverem centrados seus pensamentos, mais na matéria vibrarão seus corpos. Enquanto que, quando mais equilibrados forem os pensamentos que manifestarem no plano físico, dosando a manifestação e intuição espiritual com as vivências carnais e cármicas necessárias ao seu aprendizado, mais evoluirão e, ao final, mais sutilizados estarão seus corpos.

Percebem a sutil diferença entre viver na matéria e viver a matéria? Viver na matéria é se utilizar do veículo físico para experienciar sensações e tratá-las, na medida em que se manifestarem em seus corpos espirituais, em suas emoções. Viver a matéria é permitirem-se apenas usufruírem dos benefícios e das felicidades do mundo, ignorando a parte espiritual, substituindo-a por prazeres diversos que em nada agregam de valor para a vida. É tornarem-se instrumentos da matéria, fazendo-se sentir exclusivamente os torpores que as energias densas e deletérias lhes trazem. Isso é real, meus irmãos. Muitos de vocês ignoram o fato de que ainda vivem a matéria. Muitos de vocês que leem estas mensagens não param para questionar se estão vivenciando mais os prazeres da vida, ou se estão utilizando do tempo e das experiências na Terra para se aprimorarem e para aprenderem a conviver pacificamente.

A experiência na matéria é um meio para sutilizarem seus corpos e não os adensarem cada vez mais.

É hora de despertarem para a realidade e começarem e perceber que o tempo é curto demais para perderem um só segundo na vida. Utilizem bem o tempo. Utilizem bem cada dia para deixarem um legado positivo na humanidade, seja para uma, duas, ou mil pessoas. Sutilizem seus corpos e previnam-se das consequências tardias de uma mente que ignora o despertamento e a necessidade que o espírito tem de evoluir. Estão densos demais. Estão imersos demais na matéria. É hora de emergir e aprender a transformar seus corpos e os meios de drenar as cargas negativas que acumularam ao longo dos anos. Pois somente o corpo físico tem essa capacidade.

Quando retornarem ao plano imaterial, verão se o tempo foi perdido, ou se foi bem vivido e experimentado. Só vocês saberão e só vocês poderão afirmar se o legado que deixaram foi de bons ou maus frutos. Cabe agora a vocês despertarem. O alerta foi e está sendo dado a todos. É hora de se unirem para um mundo de sabedoria e para uma era de paz. Esse é o mundo que merecem habitar. Mas a construção dele depende somente de todos vocês, juntos, em harmonia.

Autor: Espírito das Luzes
Local e Data: São Paulo, 19/08/2016
Canal: Fernando

Comentários

comentários