Nesta data, em que comemoramos o Dia das Mães – parabenizamos a todas as mães do Brasil e do Mundo que em suas lutas silenciosas e heróicas – direcionam seus filhos aos braços de Deus, com seus exemplos de amor e trabalho no bem.

No planejamento de gravidez, durante o período e após – deve-se utilizar com acompanhamento de um Homeopata – o tratamento homeopático para auxílio seguro e necessário para Mãe e filho.

A mulher em suas peculiaridades passa e sofre inúmeras enfermidades e desequilíbrios orgânicos e mentais. Existem tratamentos para aliviar e minorar os sintomas e sinais apresentados, porém, sem cura real e verdadeira.

Com a Homeopatia tratando as causas das doenças – promovemos o equilíbrio e a cura das dores existentes. Desta forma, o tratamento homeopático se ajusta de forma perfeita a todas as fases da vida da mulher – desde a infância a fase madura.

Segue algumas doenças e suas possíveis causas psicológicas.

Candidíase – Pessoa com frustrações e raiva. Exigente e desconfiada nos relacionamentos.

Cistite – Ansiedade. Apego a ideias. Medo de abandonar algo. Condicionamento.

Endometriose – Insegurança, decepção e frustração. Substituição do amor-próprio pelo açúcar. Espírito de acusação.

Aborto (espontâneo) – Medo do futuro. Tendência a adiar tarefas e obrigações. Planejamento inadequado do tempo.

TPM (Tensão Pré-Menstrual) – Deixar que a confusão tome o controle. Conceder poder a influencias externas. Rejeição do organismo feminino.

Diabetes – Necessidade de estar no controle. Tristeza profunda. Amargura.

Flatulência (Gases) – Apego. Medo. Idéias não digeridas.

Ansiedade – Falta de confiança no fluxo e no processo da vida.

Constipação (Prisão de Ventre) – Recusa em abrir mão de velhos conceitos. Apego ao passado. As vezes, avareza.

Todas enfermidades podem ser curadas e resolvidas com um mudança de padrão mental – novos pensamentos mais positivos. E com o tratamento homeopático – que irá abordar e resolver as causas citadas acima.

Consulte com um Homeopata – e alcance o equilíbrio do corpo e da alma.

Comentários

comentários