Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS

Em 2006 – foi publicada a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS – Ao atuar nos campos da prevenção de agravos e da promoção, manutenção e recuperação da saúde baseada em modelo de atenção humanizada e centrada na integralidade do indivíduo, a PNIPIC contribui para o fortalecimento dos princípios fundamentais do SUS. Assim, seu desenvolvimento denota como um passo importante na implantação do SUS.

Considerando o indivíduo na sua dimensão global – sem perder de vista a sua singularidade, quando da explicação de seus processos de adoecimento e de saúde -, a PNPIC corrobora para a integralidade da atenção à saúde, princípio este que requer também a interação das ações e serviços existentes no SUS.

A PNPIC contempla atualmente 19 práticas que podem ser oferecidas à população, cujos procedimentos são voltados à cura e prevenção de doenças como depressão, hipertensão, ansiedade, bronquite, entre outras. Mas, o fundamental é a observação e analise do indivíduo em sua forma holística – corpo, mente e alma.

Recentemente foram incluídas as práticas de Arteterapia, Ayurveda, Biodança, Dança Circular, Meditação, Musicoterapia, Naturopatia, Osteopatia, Quiropraxia, Reflexoterapia, Reiki, Shantala, Terapia Comunitária Integrativa e Yoga. Juntando-se as já existentes Medicina Tradicional Chinesa – Acupuntura, Homeopatia, Plantas Medicinais e Fitoterapia, Termalismo – Crenoterapia, Medicina Antroposófica.

No ano passado – com os 10 anos da Política trouxeram avanços significativos para a qualificação do acesso e da resolutividade na Rede de Atenção à Saúde no SUS, com mais de cinco mil estabelecimentos que ofertam PICS em todo o país. Porém, existem inúmeras cidades em todo Brasil que ainda não conhecem tais práticas tão úteis e salutares a população – gerando equilíbrio, saúde e paz. E também, redução nos gastos com medicamentos e complexidades outras na area da saúde.

Converse com os políticos da sua cidade – e ajude na implantação da PNPIC em sua região. Contribuindo assim com o bem estar de toda a população.

 

Comentários

comentários